Assine RSS

RSS Feed (xml)

23 de set de 2009

Courier, o tablet da Microsoft

Parece que o mundo inteiro está ansioso para ver o tablet da Apple. Mas talvez nós estivemos esse tempo todo sonhando com o gadget errado. Apresentamos o Courier, a sensacional ideia que a Microsoft tem de como deve ser um tablet.



O Courier é um gadget real, e ouvimos que está em um estágio de desenvolvimento avançado, nos últimos protótipos. Não é um tablet, é um booklet, onde você pode ver as duas páginas ao mesmo tempo. As duas telas de 7'' (ou algo próximo) são multitouch e projetadas para que se escreva, desenhe ou clique com uma stylus, além dos dedos. As duas telas são conectadas por uma dobradiça que traz o único botão, como o "home" do iPhone. As informações fundamentais, como o sinal de Wi-Fi e a carga da bateria aparecem ao longo da moldura de uma das telas. Na "contracapa" há uma câmera, e ele poderá talvez ser recarregado sem tocar na base, como o touchstone do Palm Pre.

Até bem recentemente, o Courier era um projeto bem secreto, conhecido apenas por alguns poucos engenheiros e executivos que trabalham nele - entre esses algumas das mais brilhantes pessoas que trabalham na Microsoft, como o chefe de tecnologia de Entretenimento & Dispositivos: o mago J. Allard, que capitaneia o projeto. Hoje, o Courier parece estar em um estágio em que a Microsoft está desenvolvendo a interface e experiência do usuário e mostrando os conceitos de design para agências externas.

A Microsoft tem uma história de colaboração com outras empresas e estúdios de design, especialmente na divisão de Entretenimento & Dispositivos: tanto o Zune quanto o Xbox passaram por processos similares. (E planos para uma Microsoft store vazadas de uma agência terceirizada foram confirmadas como protótipos e conceitos genuinos.) Esse vídeo tem a marca do Pioneer Studios, uma subdivisão da Microsft E&D que é especializada nesse tipo de trabalho, em parceria com outra agência que é uma antiga colaboradora da Microsoft em projetos confidenciais.

A experiência do usuário apresentada aqui é quase que o exato oposto do que todo mundo espera que um tablet da Apple tenha; em kung fu, é um estilo Garra de Águia contra o estilo Tigre da Apple: duas telas, uma mistura de interface dominada pela canetinha com vários tipos de gestos multitouch possíveis, e múltiplos modos, aplicações e temas graficamente complexos. (Nosso pedaço de interface favorito? A dobradiça fazendo o papel de "bolso" para armazenar itens que você queira mover de uma página para outra.) A linhagem da Microsoft é mais orientada para a tinta digital (em contraponto ao e-paper, monocromático), e essa interface, apesar de não ser nada parecido com qualquer coisa que tenhamos visto antes, claramente bebe dessa fonte, do trabalho da MS com o Surface e até do Zune HD.

Nos próximos dias nós vamos mergulhar mais e mais fundo no que é o Courier, então fiquem ligados.



Fonte: Gizmodo

0 comentários: