14 de out de 2009

Flat Flexible Loudspeakers!!

Através de uma série de experimentos, os engenheiros da Warwick Audio Technologies desenvolveram uma nova tecnologia capaz de produzir alto-falantes extremamente finos que ocupam somente 0,25 milímetros de espessura.

A nova tecnologia permite utilizar os alto falantes das mais diversas formas, seja pendurados como quadros na parede ou fixando-os em superfícies irregulares, como o canto de uma sala, por exemplo.

A invenção foi batizada como Flat Flexible Loudspeakers (alto-falante plano flexível) - ou simplesmente FFL- e, segundo os desenvolvedores, é uma alternativa perfeita para locais em que é preciso obter uma boa qualidade de reprodução, mesmo com grande quantidade de pessoas e fontes sonoras diferentes. Caso de rodoviárias, metros e aeroportos, em que é comum não escutarmos claramente algum aviso importante devido à interferência de outras pessoas conversando, barulho de televisores ou mesmo por estarmos distantes dos alto-falantes. Caixas de som tradicionais são compostas por um ímã permanente e um eletroímã ligado a uma fina membrana feita de papel ou plástico, chamada diafragma. Quando uma corrente elétrica passa pelo eletroímã, este faz o diafragma vibrar, produzindo o som que ouvimos. A onda sonora sai do centro das caixas de som, o que faz com que, dependendo do posicionamento de quem ouvir, haja grande perca de informações no processo de transmissão.

A tecnologia FFL funciona de uma forma diferente: fabrica alto-falantes compostos por diversas camadas muito finas, constituídas de diversos materiais condutores e isolantes. Quando uma corrente elétrica passa pelo alto-falante, toda a sua superfície vibra, fazendo com que o ar seja movido como uma só massa - diferente das caixas de som tradicionais em que o som se propaga a partir de um ponto central.

Fonte: Viver é básico

0 comentários: