Assine RSS

RSS Feed (xml)

14 de out de 2008

Microsoft divulga 11 correções para 20 falhas no Windows, Office e IE

Sistema Windows, navegador Internet Explorer e pacote Office são mais atingidos pelas 11 correções divulgadas em outubro pela Microsoft.

A Microsoft divulgou nesta terça-feira (14/10) onze pacotes de segurança como parte do seu ciclo mensal de atualizações.

O tradicional Patch Tuesday relativo a outubro corrige dez falhas de segurança consideradas "críticas" em produtos da empresa como o sistema operacional Windows, o navegador Internet Explorer e o pacote corporativo Office.

Nível mais severo na escala de segurança da Microsoft, brechas "críticas" permitem que um cracker tenha acesso ao micro da vítima pela execução remota de malwares.

Principal contemplado na atualização mensal, o Internet Explorer 6 teve seis correções consideradas críticas, o que exige atenção especial por parte de administradores de TI de empresas que ainda usam a versão antiga do browser.

A companhia divulgou também seis pacotes de segurança para o mesmo número de brechas consideradas "importantes" apenas no sistema Windows.

As falhas permitem a elevação de privilégios do criminoso ou ataques remotos que impliquem no vazamento de dados pessoais da vítima.

A correção para uma falha considerada "moderada" no pacote corporativo Office fecha as atualizações relativas a outubro da Microsoft.

O ciclo de outubro marca duas mudanças para o processo instituídas pela Microsoft. Desenvolvedores parceiros da companhia receberão informações detalhadas sobre as brechas antes da divulgação para o público em geral dos patchs.

A Microsoft também integrou ao relatório uma tabela que indica o índice de exploração de uma brecha - quanto mais alto o número, mais provável é que crackers divulguem um malware que explore a falha de segurança.

Em sua primeira edição, oito das vinte brechas ganharam índice 1, o que significa que é bastante provável que criminosos publiquem malwares que tentarão se aproveitar de sistemas não corrigidos.

Para atualizar seu PC, a Microsoft sugere que o usuário recorra à ferramenta Windows Update dentro do sistema operacional.

Fonte: IDG Now

0 comentários: